Data da fundação: 1992

Data de lançamento do SIRA ONLINE: 2011

O Sistema de Identificação e Recuperação Animal celebrou em 2012 o seu vigésimo aniversário. À data da implementação do SIRA a identificação de animais de companhia, designadamente cães e gatos, não era obrigatória e não estava regulamentada por lei.

No entanto pareceu vantajoso e, até, imprescindivél ao Sindicato dos Médicos Veterinários (SNMV) – para a salvaguarda da Saúde Pública, da Saúde Animal e da defesa dos animais e de terceiros -, dotar os Médicos Veterinários de um novo serviço para os seus clientes, dada a importância da identificação para fazer face a preocupações várias tais como “animal perdido” e “animal encontrado”. Este novo serviço do SNMV iria ser prestado através do recurso de uma “ferramenta” tecnologicamente avançada como era o caso da Identificação Electrónica e do lançamento de uma base de dados especificamente criada para os fins em vista.

Entretanto, a legislação foi alterada várias vezes e passou mais recentemente a ser obrigatória a identificação e o registo de todos os animais nascidos a partir de Julho de 2008, o que alterou substancialmente a quantidade e qualidade dos nossos serviços. Neste sentido e dados os esforço e custos que esta alteração acarretava, procurou encontrar-se uma alternativa que respondesse às novas necessidades. A solução passou pela criação e implementação de um Sistema Online de Identificação e Recuperação Animal. Uma vez concebido e testado, o SIRA Online encontra-se pronto a ser utilizado por todos os utentes do SIRA.

 

O Sistema de Identificação e Recuperação Animal funciona segundo dois eixos fundamentais.

O primeiro prende-se com a recepção e a gestão de inscrições de animais na base de dados do SIRA. Esta recepção pode ser feita de duas formas:

i) através do SIRA Online – em que as inscrições são feitas directamente pelo Médico Veterinário -, ou pelo Centro de Atendimento Médico Veterinário, via internet;

ii) através do preenchimento de quadriplicados em papel SIRA – que são depois remetidos para os nossos serviços em envelopes próprios – pelo Médico Veterinário ou Centro de Atendimento Médico Veterinário que procedeu ao seu preenchimento.
No caso dos quadriplicados em papel, os mesmos são digitalizados no dia em que chegam aos nossos serviços, ficando imediatamente disponíveis para pesquisas e sendo completamente informatizados nos dias seguintes.

O segundo eixo é o da gestão de Processos de Animais Perdidos e Encontrados, que tem vindo a assumir uma preponderância cada vez maior.

A nossa Equipa

sira equipaEurico Cabral

Coordenador do SIRA

sira equipaAndré Cardoso

Client Service SIRA

sira equipaMargarida Proença

Comunicação SIRA

sira equipaAlexandra Neves

Controlo de Faturação